CADEIAS SUSTENTÁVEIS: A PRODUÇÃO DE MÓVEIS ARTESANAIS EM SANTA CRUZ DE MINAS – MG
Uma cadeia produtiva compreende o conjunto e as relações desenvolvidas entre as organizações produtivas que contribuem para a efetivação da produção de um bem como um veículo, um computador ou um telefone celular. A literatura científica acerca de cadeias de produção indica a eficiência individual e a capacidade de estabelecimento de relações positivas entre os seus membros como um indicador e uma meta a ser seguidos no intuito de se obter uma cadeia competitiva. A inserção da variável sustentabilidade ambiental em um contexto mais amplo em termos de exigência mercadológica cria a necessidade de adequação por parte das empresas agrupadas em cadeias a princípios da sustentabilidade que buscam a diminuição do consumo de recursos naturais, de energia, água e de uma diminuição do impacto ambiental gerado por uma cadeia produtiva. A produção de móveis artesanais na cidade de Santa Cruz de Minas – MG, localizada na região do Campo das Vertentes apresenta um desenvolvimento exponencial nos últimos 10 anos, sendo considerada a atividade com maior impacto econômico e social do município. A sustentabilidade ambiental e social destas atividades podem constituir elemento de diferenciação dos produtos em um mercado crescente dos chamados “consumidores verdes”. Da mesma forma a não observação de preceitos ambientais pode representar uma diferenciação negativa dos produtos que podem ser associados ao desmatamento, ao desperdício de matéria prima, ao trabalho em condições de risco ao trabalhador, e ao impacto ambiental.